Estreia de A Culpa é das Estrelas no Brasil e resenha do livro

 Bom, quem acompanha meu blog sabe o quanto eu queria esse filme e o quanto essa história é magnifica para mim, finalmente estreou! Hoje foi o dia em que sai da minha cidade para ver o filme que na minha opnião mais rendeu lágrimas num cinema. 

  Sim galera, A culpa é das Estrelas - ou do John Green - vou falar com toda a sinceridade, mesmo eu sendo apaixonada por essa história e tudo mais, o filme é maravilhoso, pode anotar ai e se não gostar botem a culpa em mim - e não nas estrelas - porque ele encanta qualquer um!
  

   Juro pra vocês, eu nunca chorei tanto lendo um livro e vendo um filme, muito menos em cinema! Quer ver quando chega no final, era a sala toda chorando! Eu juro! Até a minha amiga, que não chora a toa - não chora mesmo, nem por dor- chorou, então da pra ter uma ideia, né?
  Eu disse que iria fazer a resenha do livro toda detalhada não disse? Revolvi fazer a do livro e do filme juntos! Super mega gigante vai ficar, hahaha
  

O livro: com 288 páginas e 21 cm de pura gostosura, foi eleito o best-seller da época, escrito por uma das pessoas mais influentes do mundo (John Green). É o quarto romance de João Verde, publicado em janeiro de 2012. O livro atingiu o número 1 na lista de bestsellers da Amazon.com e Barnes & Noble em Junho de 2012, pouco tempo após ter sido anunciado.
  Li essa maravilha em setembro do ano passado, e sim, vocês já sabem o quanto eu sou suspeita a falar, né?
  O livro é 
narrado por uma adolescente de 16 anos, diagnosticada com câncer terminal, que por um milagre da medicina sobreviveu e continua viva por causa de uma "droga" que não funciona em 75% dos pacientes e funcionou nela, o que resultou em mais alguns anos de vida. Hazel Grace está cansada de sua vida como sempre, dia após dia fazendo as mesmas coisas e esperando a morte chegar, a onde em um dia no Grupo de Apoio para Crianças com Câncer conhece Augustus Waters, e tem a sua vida mudada para sempre. 
  Augustus tem 17 anos, e está sem recaídas a 14 meses, tem apenas uma perna e o jeito que encanta qualquer garota - digo, na vida real mesmo, sou totalmente sua Augustus - juntos os dois vão explorar todo o pequeno infinito deles e viver alegremente os dias numerados que ainda restam. 
  Sinopse: "Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros...
Há dias, muito deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Eu queria mais números do que provavelmente vou ter." Hazel Grace
 "Você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais". Markus Zusak, autor de A menina que roubava livros. 
  1ª edição: janeiro de 2012
  Escritor: John Green
  Editora: intrínseca
  Alt: 21 cm
  Largura: 14 cm
  Pág: 288
  Minha nota
: infinito 
 O filme: 
 
Eu me lembro claramente, que quando saiu os autores de TFIOS movie, milhares de garotas surtavam porquê "não tem os olhos azuis do Gus, esse não é o Gus que eu imaginei". PURA BABAQUISE. Gente, quando saiu que era o Ansel, eu simplesmente pirei, acho ele lindo, e é óbvio que nenhum filme é igual o livro, e vou contar praocês: foi o filme mais fiel ao livro que eu já vi na história. O que é olhos azuis perto de toda a atuação do Ansel? O cara é perfeito! Ele interpreta muito, o jeito, o sorriso, a risada, as piscadas, o olhar, é igual! Ele é o Gus perfeito.
  Eu acho que toda a garota deveria ter um Gus pra vida toda hahaha Ele encanta de um jeito que chega ser inevitável não sorrir vendo o sorriso dele!
  E a Shailene então? Quando eu vi pensei "é essa a Hazel que eu tava falando" linda, linda, linda! Que ela é uma ótima atriz acho que todo mundo sabe né? Agora imagina ela interpretando, não tem como não amar.
  A história tem final trágico, acho que isso todos sabem - pow John ): - então podem preparar os lencinhos porque as lágrimas vão rolar e muito.
  SPOILER: As partes que não tiveram no filme: quando a Hazel descobre sobre a ex namorada do Gus - aquela que morreu de câncer também - e da um ar de príncipe que já sofreu muito nele, e a amiga meia louca da Hazel, Kaitlyn.
  Se a sua intenção é ir ver o filme toda linda, com rímel e tudo mais, esquece! Pode tirar essa maquiagem porque não vai rolar, nem maquiagem a prova d'água vai aguentar, só um aviso! Hahaha - sai com a cara toda vermelha, inchada e olhos pequenos e vermelhos de tanto chorar-. 

                              "É apenas uma metáfora" onde clica pra resistir a ele?
  O filme tem 2h5m de duração, estreou no Brasil dia 05/06, ontem, e nos EUA e outros diversos estreia hoje, 06/06. E o diretor desse filme maravilhoso foi o Josh Boone. Eu vi o filme legendado, e só tinha legendado mesmo. E super recomendo, ouvir a voz deles é tudo.
Quer ver a trilha sonora desse filme então, maravilhosa em todas as cenas
   Sai do cinema querendo ver de novo, é normal gostar de sofrer? Me contem se viram também e o que acharam, assistam, mesmo se não leram o livro! VALE MUITOOOOO A PENA, mil estrelas da Jéss pra vocês. 

Quem é você, Alasca? Veja a resenha do primeiro livro do John Green

You Might Also Like

2 comentários

  1. Quero muito compra livro (ainda não li) . O filme aqui em minha cidade não tem cinema infelizmente ! Tenho que assintir pela internet

    Vlw pela visita / Espero você lá novamente
    http://b-maluco.tk/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na minha também não! ):
      Vi na cidade vizinha, assista, é lindo!

      Excluir